Pesadelos

1 1 1 1 1 Rating 2.00 (1 Vote)


Para compartilhar nas redes sociais, clique aqui:

Tenho tido pesadelos horríveis.

Sou um assassino cruel em meus sonhos.

Mato com requintes de crueldade.

Corto, queimo, esfolo, arranco partes.

Isso me deixa feliz, animado.

Mas nos sonhos minhas vítimas nunca tem rosto.

Só vejos os corpos, as partes mutiladas.

Só ouço os gemidos e gritos.

Vejo muito sangue escorrendo.

Mas.....

Essa noite foi diferente. Eu vi.

Eu vi a vítima.

A Chefe, sim, era minha chefe.

Acho que a vi porque o método usado foi um corte no pescoço.

Senti a faca entrando no pescoço devagar.

Vi o medo no seu olhar.

O grito mudo que não conseguiu expressar.

Senti minha vingança por cada dia que me aporrinhou.

Por cada humilhação que me fez passar.

Por cada abuso de poder, por ser a chefe.

Estranho, pois nunca tinha visto o rosto.

E foi o meu pior pesadelo.

Senti e vi o sangue quente jorrando do corte exposto.

A boca aberta e os olhos arregalados.

Acordei desesperado. Suado. Trêmulo.

Foi mais um pesadelo. Mais um sonho ruim.

Era madrugada e não consegui pegar no sono mais.

Quando o dia surgiu, me levantei, tomei um banho e fui para o trabalho.

Ao chegar minhas pernas se estremeceram com o que eu vi.

Cruzei com minha chefe no corredor.

Sua aparência estava péssima.

Olheiras. Pálida. Olhar assustado.

E pasmem. No pescoço, um curativo.

Um curativo bem onde no meu pesadelo eu havia cravado a faca.

Nunca me atrevi a perguntar o que tinha ocorido.

Tenho até medo de saber.

Vamos acreditar que tive apenas um pesadelo.

Nada mais.



Para compartilhar nas redes sociais, clique aqui:

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

Comentários   

0 # mateus 30-11--0001 00:00
coisa mas loca meuu 8)
Responder | Reportar ao administrador

© Contos de Terror - Letras de Sangue | Design by: LernVid.com