O Impulso

1 1 1 1 1 Rating 0.00 (0 Votes)


Para compartilhar nas redes sociais, clique aqui:

O Impulso

São cinco da madrugada, numa pequena casa do subúrbio de São Paulo, ele acorda num impulso, seu corpo completamente soado, ele aterrorizado começa a olhar para todos os lados em seu quarto, e refletindo que tudo passou de um pesadelo. Ele volta a deitar, seus olhos estão pesados de sono, mas a cena de seu pesadelo não o deixa dormir, ele começa a transpirar mais e mais, não ligando para o seu medo.

As lembranças marcantes do seu pesadelo, onde ele estava deitado na sua cama, quando escuta um barulho, inclinando um pouco a cabeça e ouve gritos e mais gritos de socorro, mas ele não conseguia se mexer, seu medo o segurava na cama, mas de repente ouvia passos no corredor que ia aumentando a cada segundo, se aproximando da porta. Como uma carta de baralho a porta é arremessada longe, entrando em seu quarto um homem alto e gordo com uma máscara de palhaço, se aproximando de sua cama com uma calibre .12 nas mãos, o reflexo no espelho o deixava mais amedrontador, logo em seguida ele atira, estourando sua cabeça e espalhando seus miolos por todo o quarto. Foi quando a acordou.

Ao terminar seus pensamentos sobre seu pesadelo, já estava com muito sono, começando a cochilar, foi quando ele escuta um barulho, ele levanta a cabeça para espiar, logo vêm os gritos de socorros, o que ele temia era que não conseguia se mexer. Ele pensava estou ficando louco, dizendo que sua cabeça estava pregando peças, mas em seguida vem os passos se aproximando da porta, que é logo arremessada, adentrando um homem alto e gordo usando a bendita máscara de palhaço com seu reflexo no espelho, sacando a arma e lhe estourando os miolos.

E num impulso ele acordou todo soado, olhando por todos os cantos do quarto, o relógio marcava cinco da manhã, o medo irradiava de uma forma diferente, seus batimentos cardíacos aumentavam, como se, o seu coração fosse explodir, uma terrível falta de ar e logo em seguida vem um ataque cardíaco, enfartando e morrendo agonizando em seu próprio pesadelo.



Para compartilhar nas redes sociais, clique aqui:

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

© Contos de Terror - Letras de Sangue | Design by: LernVid.com