KNOK KNOK

1 1 1 1 1 Rating 0.00 (0 Votes)


Para compartilhar nas redes sociais, clique aqui:

Conta-se que há muito tempo atrás em uma madruga chuvosa, uma jovem mulher estava sendo perseguida por um grupo de homens, desesperada e lutando por sua vida bateu em todas as portas da vizinhança mas ninguém atendeu.
Exaurida fisicamente foi capturada, estuprada e espancada até a morte por cinco homens, Seu espirito cheio de ódio jamais descansou, desde então ela vaga sem destino, e em todas as madrugadas chuvosas ela escolhe uma porta para bater.
Se você atende a porta, vai se deparar com uma mulher espancada brutalmente com sangue escorrendo pelas coxas, ela vai sorrir para você, entrar em sua casa e te abraçar, em gratidão ela te leva junto com ela e você nunca mais será encontrado.
Se não atender a porta, seu corpo é encontrado no dia seguinte irreconhecível com marcas de um severo espancamento, e muitos afirmam que ao olhar nos olhos do morto pode ser visto o reflexo de uma mulher desfigurada sorrindo.



Para compartilhar nas redes sociais, clique aqui:

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

© Contos de Terror - Letras de Sangue | Design by: LernVid.com