Superman Vs. Jason

1 1 1 1 1 Rating 1.00 (1 Vote)


Para compartilhar nas redes sociais, clique aqui:

Crystal Lake

A mata fechada, onde outrora abrigou acampamentos de verão, estendia-se até uma clareira, onde sua paisagem natural dava espaço a uma cicatriz em forma de casas de madeira abandonadas. Mais a frente um lago de aparência calma, o qual escondia uma história de sangue e mortes.
Mais a frente uma placa recém-colocada contrastava com a paisagem decadente "Luthorcorp.". O silêncio é rompido por uma música que torna-se mais alta na medida em que o carro aproxima-se a bordo três funcionários da Luthor Corp. e duas garotas da cidade bebiam e se divertiam.
- Onde vocês disseram que fica esse acampamento?
- Virando à direita – gritava uma das garotas – é só seguir a trilha até o acampamento sangrento!
- Acampamento sangrento?
A garota não ouvia mais, ela bebia direto da garrafa enquanto dançava ao som de Kiss. Mesmo se ela estivesse atento nenhum dos três rapazes estava interessado em lendas locais ou na voz das garotas.
Minutos depois os cinco estavam à beira do lago, um deles aumenta o rádio enquanto as garotas dançam e tiram suas roupas. Um dos rapazes se empolga e começa a ficar nu. As meninas apontam para seu pênis e dão risada, bebem, dançam e bebem mais.
Nenhum deles percebia que estava sendo observado, uma das garotas pega o rapaz pelado e o leva para uma cabana abandonada, a outra entra no lago.
- O que você está fazendo?
- Nadando. Quer vir?
Os rapazes se olham, um deles dá um soco no ombro de seu amigo – vou dar uma mijada, quando essa louca sair vamos ver o que fazer – e sai apressadamente, seu amigo sorri, ele não estava a fim de esperar.
Quando um dos homens se afastava a procura de uma moita ele pensa ouvir um passo atrás de si, não havia nada só o silêncio. Se não estivesse completamente bêbado ele teria percebido que estava sendo observado, dessa vez ele ouve um galho se quebrando, mas era tarde demais, um facão atravessa seu peito.
Uma das garotas nadava no lago, submersa ela não escuta nada ao seu redor, ao emergir percebe-se sozinha, o medo se apodera dela, sem entender o porquê, ela olha para a margem e vê um homem alto, usando máscara branca de hóquei arrastando dois homens mortos, antes que possa gritar o homem arremessa um machado que adentra seu crânio.
Dentro de uma das cabanas o ultimo casal transava, a moça vinha por cima exibindo seus seios para o rapaz que não acreditava na sua sorte, nenhum dos dois percebe quando a porta da cabana abre. Jason caminha lentamente até eles. A moça tem seu peito transpassado pelo facão de Jason, que a arremessa contra o teto, quebrando o telhado da cabana. O homem grita, essa é a ultima coisa que ele faria em vida.
Um carro alugado atravessava a estrada de Illinois, rumo ao acampamento Crystal Lake, a bordo os dois melhores repórteres do Planeta Diário Clarke Kent e Lois Lane, essa ultima parecia um tanto aborrecida.
- Vamos Lois, pode ser divertido.
- Divertido Clark? Viajar metade do país apenas para chegar ao meio do nada e descobrir que um bando de bêbados se perdeu na floresta. Muito divertido Clark.
- Acho que os moradores de Crystal Lake não gostariam que você chamasse o lugar em que eles vivem de "meio do nada".
- Sabe por que você não encontra namorada Clark? Porque sua ideia de diversão é ficar sentado olhando um peixe dourado nadar.
- Peixe? Namorada? O que você está...
- Pense um pouco Clark tudo o que fazemos você diz que pode ser divertido. Estamos aqui em pleno verão, em um carro sem ar condicionado porque nosso editor chefe, Perry White, não quis pagar por um, a caminho de um acampamento falido investigar desaparecimentos. O que tem de divertido ou interessante senhor otimismo. "Oi meu nome é Clark Kent, vamos todos sorrir".
- Que bom que perguntou, em primeiro lugar Lex Luthor está destruindo uma área ambiental e em segundo lugar Crystal Lake está permeado por relatos de assassinatose desaparecimentos.
- Não me venha com lendas urbanas Clark.
- Não são lendas urbanas, existem muitos relatos de uma criança chamada Jason que se afogou na década de 1950, a partir dos anos 1980 uma série de assassinatos foram acontecendo, todos nos arredores de Crystal Lake. Existem muitos relatos sobre suas mortes Lois.
- Vamos Clark quais as chances de um zumbi atacar pessoas usando uma máscara de hóquei?
- Acho que as mesmas de um homem voar usando capa vermelha.
A visão superior de Clark avista um velho bêbado andando ao lado da estrada, o batimento cardíaco do velho e o som da movimentação de seus músculos ajuda Clark a prever que o velho mudaria de direção e tentaria atravessar a estrada. O repórter pisa no freio parando a frente do velho. Que não esboça nenhuma reação.
Lois fica assustada, ela olha para Clark e para o homem bêbado, então buzina gritando para ele sair do caminho.
- Lois, por favor.
- Este homem quase provoca um acidente.
O homem olha pra dentro do carro e aproximasse, Clark modera sua força segurando Lois ao seu lado, ele faz sua expressão mais gentil e olha para o homem que quase fora atropelado.
- Por favor, pode nos dizer se estamos no caminho certo para Crystal Lake?
- Fiquem longe daquele lugar! Crystal Lake é o domínio dele.
- De quem?
- Fiquem longe ou vocês irão ser mortos.
O homem vira-se para ir embora, Lois olha de maneira debochada para seu parceiro, prestes a fazer alguma observação sarcástica sobre suas fontes quando tem seus pensamentos interrompidos por um helicóptero da LuthorCorp que passa em voo rasante. Clark acelera o carro seguindo o rastro do Helicóptero.
Lex Luthor descia de seu helicóptero, indo em direção a seu trailer enquanto acenava para alguns fotógrafos e respondia perguntas esporádicas – "tenho certeza de que estão todos bem, decidi vir pessoalmente para me assegurar do bem estar de meus funcionários".
- Lois Lane do planeta Diário, não é estranho que um multimilionário mude sua agenda para vir ao meio do nada?
- Acredito que os moradores de Crystal Lake não ficariam felizes ao ouvirem que moram no meio do nada senhorita Lane, não sei por que vocês do Planeta Diário custam a acreditar que sou uma pessoa caridosa e preocupada com o bem estar dos meus funcionários.
Luthor vira-se e entra em seu trailer, onde seu sorriso se desfaz – "bando de abutres e gentinha ignorante que vivem nesse pedaço imundo de terra esquecido por deus" – Luthor afrouxa o nó da gravata e serve-se de um pouco de Whisky.
- Descobriram alguma coisa?
Outras três pessoas, que até então estavam nas sombras emergem, a sua frente a Dra. Thetis entrega uma pasta para Lex.
- Se o senhor acredita em lendas Sr. Luthor aquela... Coisa descrita pelos moradores deve ter mordido a isca.
- Para alguém que tem o nome de um ser mitológico a senhorita é muito cética Dra. Thetis, Jason Worhes não é uma lenda. A quantidade de relatos e condições sobrepostas aos fatos faz com que a possibilidade de um mito ou delírios coletivos seja insignificante. O que me diferencia da mediocridade populacional é que eu me atenho aos fatos, ignoro completamente as leis do nosso mundo por um simples motivo eu vejo além, conheço questões sobre física quântica, universos paralelos, buracos de minhoca. Sigmund Freud dizia que as leis da cultura não passam de um delírio. Entende onde quero chegar.
- Na verdade não Sr. Luthor.
- Lógico que não, não existe um ser vivo capaz de acompanhar meu raciocínio, deixe-me por as coisas dessa forma se um homem pode voar quais outras leis da física podem ser violadas sem que nosso universo entre em colapso?
- Se os... Relatos forem verdadeiros Jason não passa de um zumbi.
- Olhe além doutora. Jason possui o dom da imortalidade, é por isso que você, a maior geneticista de nosso tempo, está aqui. Após meus homens prenderem Jason você irá isolar sua capacidade imortal e transforma-lo em um soro seguro. Se existe um ser digno de ser imortal nesse universo este ser é Lex Luthor.
A lua estava cheia, sua luz refletia na superfície do lago cristal, homens da Luthorcorp, mais especificamente uma equipe paramilitar, percorriam a mata fechada atrás de Jason. Eles não eram os únicos, Lois Lane encobria-se pelas trevas da noite para investigar anonimamente, ou era o que ela pretendia até Clark começar a tropeçar nos próprios pés.
- Shi! Será que você não consegue dar dois passos sem acordar todo o país Clark?
- Ainda acho uma má ideia.
- Você deveria mudar o lugar onde compra sapatos. Quem sabe se modernizar um pouco e comprar um tênis.
- Estou falando sério Lois, estamos prestes a invadir propriedade privada.
- Nós? Nada disso, eu vou pular aquela cerca e você vai ficar aqui, eu juro Clark se você fizer mais barulho eu mato você.
Clark suspira derrotado enquanto Lois faz força para escalar uma cerca de isolamento da Luthorcorp, Clark abaixa seus óculos e usa sua visão de calor para queimar o alarme facilitando o trabalho de Lois. Assim que chega ao topo da cerca a repórter salta para o outro lado e corre para a mata fechada, Clark usa sua audição aguçada e consegue ouvir passos dos soldados de Luthor.
Lex Luthor estava ao lado do lago, com um rádio de comunicações nas mãos e uma equipe paramilitar atrás de si. Imagens de infra vermelho mostram 10 soldados caminhando pela floresta, a luz de um soldado desaparece, gritos e tiros ressoam pelo rádio.
Na mata os soldados atiram as cegas, um deles é surpreendido por trás. Jason o erguia espremendo sua cabeça, os demais soldados atiram em Jason, que avança insensível as balas, ele saca a faca do soldado morto e rasga o pescoço de outro.
Na margem do lago, onde acompanhavam tudo via satélite, Luthor encara a Dr. Tethis com ódio nos olhos por ser contrariado – o que está acontecendo doutora? – ele ignora acorreria de seus assistententes tentando ajustar o leitor de calor.
- Aparentemente Jason é mais frio que os humanos.
- Seria porque ele é um cadáver ambulante?
Olhando novamente no termostato Luthor percebe outra presença de calor próximo ao confronto – "o que temos aqui?".
Lois Lane acompanhava o confronto, filmando tudo com seu celular, os soldados fugiam assustado, mas ela não conseguia filmar Jason. Ao tentar aproximar-se ela pisa em um galho, chamando a atenção de Jason.
O assassino observa a moita onde Lois estava escondida, certo de que existia uma pessoa lá Jason caminha lentamente, ele passa ao lado de um cadáver de onde retira seu facão cravado no peito do infeliz, Lois estava indecisa ela filmava o assassino ou fugia por sua vida, tentando se esconder ela procura o melhor ângulo com seu celular.
Sem enxergar nada Lois estica seu braço em meio à escuridão, ela ajusta o foco e enquadra um pé gigantesco, ao afastar-se ela vê Jason erguendo seu facão, prestes a mata-la, Lois fecha os olhos se protegendo, ao desferir o golpe com seu facão Jason percebe que este se quebra ao atingir o peito de Superman.
O homem de aço empurra Jason para trás jogando o monstro para longe, Superman pousa no chão e encara Lois, que sorri em gratidão, logo em seguida ela olha para os mortos caídos no chão e reconhece o logotipo da Luthorcorp.
- Lois, saia daqui. Eu não sei o que era aquela coisa, mas sei que Luthor está envolvido nisso.
- Superman! – ela aponta para Jason que corria contra o herói agarrando-o pela cintura e erguendo-o do solo, enquanto tenta quebrar suas costelas, Superman solta-se com facilidade, ergue Jason pelo pescoço.
- Assassino.
Jason agarra o braço de Superman pelo braço, mas sem sucesso, o ultimo filho de Krypton olha nos olhos de Jason, olhos vazios, por mais que Superman o aperte Jason não sente dor, Superman o arremessa longe e voa atrás da criatura.
O corpo de Jason atinge uma árvore e cai inerte Superman observa preocupado, teria ele matado alguém, o homem de aço aproxima-se do monstro, que ergue-se esfaqueando o kryptoniano, felizmente a faca se quebra sem promover um único arranhão. Jason desfere um soco com a mão esquerda em Superman, que recua um passo, em seguida ele desfere outro soco no herói que sente o golpe e revida derrubando Jason, que logo levanta como se não tivesse sentido nada.
Lois caminhava rumo a destruição, tentando filmar a batalha do Superman, quando ouve um passo atrás de si, era um soldado da Luthorcorp, logo ela se vê cercada por soldados que abrem espaço para Lex Luthor.
- Senhorita Lane, acredito que você está invadindo propriedade privada.
- Aquele monstro era uma de suas criações Luthor?
- Hostil como sempre, mas receio que não posso levar os créditos pela criação de Jason – Lex retira o celular das mãos de Lois e o quebra – Jason é apenas um assassino sem inteligência, mas movido por instintos assassinos.
- Parece um dos seus empregados.
- Continue falando, enquanto pode senhorita Lane, em breve terei a imortalidade de horrenda, porém poderosa criatura e você vai estar no fundo do lago.
Lois recua assustada, ela sabia que corria um perigo real, pensando rápido ela tenta ganhar alguns minutos – "Superman está enfrentando Jason".
- Superman não pode vencer o que não morre e quanto a mim eu não sou um vilão dos filmes de 007, não revelaria meu plano sem estar certo de sua morte e que álibi melhor eu tenho se não Jason.
Superman ouve a conversa entre Luthor e Lois, ele espera o próximo soco de Jason, o agarra pelo braço, gira rapidamente e arremessa Jason, que cai no lago, o homem de aço voa o mais rápido que pode até seu arque inimigo e pousa entre sua amada e Luthor.
- Você não passa de um assassino barato Luthor.
- Superman, eu estava apenas me divertindo com minha amiga, não é mesmo senhorita Lane?
- Luthor acredita que aquele é mesmo Jason, um assassino imortal...
- Eu ouvi o plano doentio de Luthor Lois, você vai preso Luthor.
- pelo que? Eu não descumpri nenhuma lei, meus seguranças estão procurando por um assassino conhecido que invadiu propriedade particular.
Os dois inimigos se encaram, Lex não se preocupa em conter o sorriso, enquanto Superman tenta pensar em uma alternativa, mas não encontra nenhuma. Jason emerge do lago, caminhando contra os humanos.
- Obrigado Superman, sem você não poderia ter certeza da imortalidade de Jason.
- Você não vai realizar seus planos Luthor.
O homem de aço voa contra Jason o levando para o fundo do lago, Jason não respira, ao contrário ele está acostumado a lutar em baixo da água, ele agarra o pescoço de kal-el tentando afoga-lo. Quase sem fôlego Superman agarra Jason e voa com ele jogando-o no chão.
Superman estava ajoelhado no chão recuperando o fôlego, Janson levanta-se, sem sentir dor, cansaço ou qualquer sinal de desgaste – "queime" – Superman usa sua visão de calor incendiando Jason.
O assassino levanta-se e caminha em chamas contra seu inimigo, Superman não acredita no que que vê, Luthor sorri triunfante, Lois escapa dos asseclas de Luthor, saca uma micro câmera e fotografa o confronto.
Os homens de Luthor percebem e vão atrás dela, Superman os assopra jogando-os longe, em seguida o homem de aço agarra Jason voa com ele o mais alto possível,saindo da estratosfera terrestre, em seguida desce o mais rápido que pode, a velocidade apaga o fogo de Jason, Superman o joga no chão e pousa mais a frente. Jason cai perto de uma cabana abandonada, a força da queda faz a porta se abrir.
Preocupado com a remota possibilidade de existir alguém vivo dentro da cabana Superman abre a porta e adentra, onde encontra a cabeça da senhora Voorhees decepada e cuidadosamente colocada sobre uma mesa, com velas ao redor. Logo Superman entende o que estava acontecendo.
- Jason era uma criança que morreu afogada, sua mãe tentou vingança contra os monitores, após sua morte Jason vem "vivendo com ela". Esta matança é fruto de uma mente infantil, mas deturpada – Superman olha para trás, Jason estava levantando-se com a máscara destruída, seu rosto deformado revela facetas remotamente humanas – uma mente infantil separada de sua mãe, uma criança assustada, diferente de tudo e de todos. Um ser único na Terra... assim como eu.
Tomado pela piedade e por uma identificação Superman abraça Jason e voa o mais rápido que pode, próximo a velocidade da luz, os dois chegam a fortaleza da solidão, um pedaço de Krypton no continente ártico. Superman deixa seu "convidado" em uma jaula de seu zoológico. A partir de dispositivos altamente avançados de sua terra natal Kal-El formula uma ilusão para Jason.
O monstro encontra-se criança no Crystal Lake, um local verde e ensolarado, onde a criança viverá com sua mãe, uma mulher amorosa e compreensiva que irá ensinar Jason a lidar com seus poderes. Satisfeito e saudosista Superman voa de volta para Crystal Lake a velocidade da luz, não havia tempo a perder.
Luthor e seus soldados voltavam para sua base móvel a tempo de ver Superman erguer a base sobre seus ombros e joga-lo para o espaço, em breve o trailer atinge a atmosfera e entra em órbita.
- Superman, o que você pensa que está fazendo?
- Agora o Jason está em um lugar seguro, onde nem você e nem ninguém poderá incomoda-lo novamente.
- Você não pode domar um monstro Superman.
- Tenho experiência com você Luthor.
Superman alça voo, no caminho ele destrói os equipamentos da Luthorcorp com sua visão de calor. Agora só faltava um detalhe.
Lois Lane estava perdida no meio do mato, quando ouve uma voz familiar as suas costas – "perdida?" Lois vira-se sorrindo, mas logo enrijece a face.
- O que você pensa que está fazendo Superman, me deixando sozinha aqui?
- Desculpe Lois, mas eu estava terminando algumas coisas – ele faz uma pausa estudando os traços do rosto da morena – você sabe que eu nunca a abandonaria.
- E o Jason?
- Em um lugar seguro de Luthor.
- O Jason está em um lugar seguro? De nós?
Superman sorri, ele abraça sua amada e os dois alçam voo, Lois sorri e deixa-se deitar sobre os ombros de seu amor secreto, mas logo muda de atitude, como se lembrasse de alguma coisa assustada – meu Deus estou esquecendo de Clark!
- Não se preocupe, enquanto vinha para cá encontrei o senhor Kent e disse para ele nos esperar no hotel.
- Bom, Clark é obediente.
- Sabe Lois o senhor Kent estava muito preocupado com você.

FIM



Para compartilhar nas redes sociais, clique aqui:

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

Comentários   

0 # Ryan 11-07-2017 20:43
Hi fellas! Who wants to chat with me? I have profile at HotBabesCams.co m, we can chat, you can watch me live for free,
my nickname is Anemonalove: https://3.bp.blogspot.com/-u5pGYuGNsSo/WVixiO8RBUI/AAAAAAAAAFA/JWa2LHHFI2AkHParQa3fwwHhVijolmq8QCLcBGAs/s1600/hottest%2Bwebcam%2Bgirl%2B-%2BAnemonalove.jpg ,
here is my pic:

https://3.bp.blogspot.com/-u5pGYuGNsSo/WVixiO8RBUI/AAAAAAAAAFA/JWa2LHHFI2AkHParQa3fwwHhVijolmq8QCLcBGAs/s1600/hottest%2Bwebcam%2Bgirl%2B-%2BAnemonalove.jpg
Responder | Reportar ao administrador

© Contos de Terror - Letras de Sangue | Design by: LernVid.com