Oração do medo

1 1 1 1 1 Rating 5.00 (1 Vote)


Para compartilhar nas redes sociais, clique aqui:

Que abrem-se os olhos de minha alma,

que vejam os horrores da escuridão à noite,

Que ouçam bem os meus ouvidos,

porque  ouviram os gritos do desespero.

 

Venha sobre mim o vento da madrugada,

E  me encubra com seu misterio,

E quando estiver na amarga solidão,

O medo me prenda ao seu segredo.

 

Calam-se as vozes da coragem,

Gritem o mais alto que poderem,

Pelas sombras não à saida,

E trancadas estão as portas da verdade.

 

Que sonhe com o escapar da  maldade,

E  que durma unidos as feras,

Que no espelho vejas o refletir do mal,

E pelo telhado subirar à morte.

 

Que encha-se meu coração com o temor,

E que transborde como chuva sobre o rio,

Que o chão e o céu sintam o que à de vir,

E que todos conheçam este servo da noite.

                  Amem!!!!!!!!!



Para compartilhar nas redes sociais, clique aqui:

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

Comentários   

-1 # valesca 04-05-2014 18:33
:sigh: mais o menos esse ai ne cara
Responder | Reportar ao administrador
+2 # aurilene castro 01-05-2014 17:13
adorei esse conto..
parabéns ELISON LIMA..
que DEUS TE ABENÇOE.!!!
e tenha sucesso
Responder | Reportar ao administrador
+1 # elison 02-05-2014 01:51
obg! Q Ele tbm esteja com vc!
Responder | Reportar ao administrador
+2 # breno castro 01-05-2014 17:09
:-) bem legal esse poema de ELISON LIMA..
gostei...
Responder | Reportar ao administrador

© Contos de Terror - Letras de Sangue | Design by: LernVid.com